Mestre

José Henrique Leão Teixeira Filho é faixa preta 6º grau, Presidente da Associação de Jiu-Jitsu da Barra da Tijuca e Presidente da Associação Sul-Americana de Jiu-Jitsu  (eleito).

Seu treinamento de Jiu-Jitsu começou na famosa academia Gracie de Copacabana, com o Grande Mestre Rolls Gracie que nos anos 70 conquistou o posto de campeão da família Gracie, se tornando o ídolo de uma geração.

Rolls revolucionou o estilo de lutar, dando mais agilidade e dinâmica na luta, consequência da sua vontade de vencer, auto confiança e uma diversificação de técnicas que fez o esporte crescer muito. Foi sem dúvidas durante muito tempo um líder não só do Jiu Jitsu mas de toda uma geração.

“Rolls Gracie representou muito para todos nós, sua importância dentro do crescimento do Jiu-Jitsu é incontestável, o que mais me marcou de seu aprendizado, foi sua disciplina e determinação, valores que guardo até hoje e coloco como missão da minha escola que é:
Educar e Formar: com Determinação, Respeito e Disciplina” Leão Teixeira

Quando Leão Teixeira entrou na academia, Rolls o apresentou a Carlos Gracie Jr. (Carlinhos) para lhe passar os primeiros ensinamentos. Carlinhos mais tarde se tornou seu professor, e juntos, os dois viriam a trabalhar em grandes projetos em prol do crescimento do Jiu-Jitsu como esporte.

Quando Rolls faleceu em 1982, Carlinhos assumiu a academia de Copacabana, em decisão tomada durante uma reunião realizada com todos os alunos, e a esposa de Rolls, Angela Gracie.

Foi nos primeiros anos da academia Gracie Barra que José Henrique Leão Teixeira Filho, junto com Crolin Gracie começou a dar aulas, em uma das turmas infantis da manhã. Em 1984 junto com os irmãos, Crolin e Rillion, Carlinhos partiu para um novo projeto, levar o Jiu-Jitsu para Barra da Tijuca, bairro novo que começava a crescer no Rio de Janeiro.

E foi em uma casa na Avenida Olegário Maciel, que começou o Clube Gracie de Jiu-Jitsu que mais tarde virou a famosa academia Gracie Barra, formando a maior equipe de Jiu-Jitsu do mundo, com filiais em diversos países e com uma equipe de lutadores, que vem conquistando atualmente, a maioria das competições nacionais e internacionais.

Em 1986, o professor recebia sua faixa preta de Carlos Gracie Jr., com o crescimento da Gracie Barra seu trabalho aumentou, e ele já usava de sua formação acadêmica, para formatar um método exclusivo para o treinamento infantil, chegando a ter, sob sua responsabilidade um grupo de mais de 100 crianças neste período.

Nesta época a Gracie Barra crescia cada vez mais, e o trabalho de Leão Teixeira já começava aparecer. Grandes nomes foram revelados, egressos das suas turmas, para ingressar na linha de frente da equipe de competição da Gracie Barra, destacando entre eles:

Hélio Moreira (soneca), Ralph Gracie, Marcio Feitosa, Rafael Correia “Gordinho”, Flávio Almeida “Cachorrinho”, Rolles Gracie Jr., Igor Gracie e Marco Joca “Piu-Piu, para citarmos alguns.